fbpx

Orgasmo Não Tem Que Ter Dia, Tem Que Ter Replay

O dia do orgasmo foi criado no dia 31 de julho de 1999, por iniciativa de algumas redes de sex shops da Inglaterra, com o objetivo de aumentar as suas vendas e discutir sobre as dificuldades que muitas pessoas tem em chegar ao ápice de prazer, principalmente as mulheres. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de São Paulo (USP), 55% das mulheres brasileiras não atingem o orgasmo durante a relação sexual. O principal fator, dentre outros, é a dor sentida durante o sexo, que atinge 59% delas.

O orgasmo é o momento de maior intensidade de prazer – ápice sexual, podendo acontecer no ato sexual ou não. A sensação do orgasmo pode ocorrer através de diferentes tipos de estímulos. Na mulher, o estímulo mais potente é no clitóris e no homem, no pênis. Mas engana-se quem pensa que são somente essas as duas fontes de prazer. O nosso corpo todo tem capacidade de sentir orgasmos, o que acontece é que desenvolvemos uma pequena parte dessa capacidade apenas nos genitais. O orgasmo também está relacionado aos nossos 5 sentidos: visão, olfato, tato, audição e paladar e com a capacidade que temos de respirar de forma fluída e consciente.

Há algumas confusões entre os significados das palavras orgasmo, gozar e ejacular. Muita gente acredita que ejaculação e orgasmo masculino é tudo a mesma coisa. Embora possam ocorrer simultaneamente, nem sempre quando um homem ejacula, significa que ele teve prazer, da mesma forma que ele pode ter orgasmos sem ejacular (orgasmos secos), ou seja, um não depende do outro para acontecer.

Ejacular ou gozar é a expulsão/ liberação do sêmen ou líquidos; já o orgasmo é o ponto máximo (clímax) do prazer sexual.

No caso das mulheres, também pode ocorrer uma ejaculação ou squiting, o que é bem mais raro que o orgasmo.

Alguns dos principais fatores que podem estar dificultando a sua chegada ao clímax:

Falta de conhecimento do próprio corpo. As pessoas precisam explorar mais a sua sexualidade, não ter medo ou vergonha de buscar e conhecer novas formas de prazer. Quando limitamos o nosso prazer na penetração ou genitais, perdemos uma maravilhosa oportunidade de conhecer melhor o nosso corpo e saber quais os estímulos e como gostamos ou não.

Desinformação sobre o orgasmo. É comum mulheres não saber reconhecer as suas reações corporais e o momento do ápice, por conta disso acham que tem alguma disfunção. O orgasmo não ocorre só quando há a “explosão” ou como retratam os filmes pornográficos. É preciso se conectar mais ao corpo, focar mais nas sensações. Orgasmo se aprende e se desenvolve na prática. Fingir orgasmo para agradar o outro só irá te distanciar ainda mais do seu prazer. O melhor caminho é treinar consigo mesma. Se tocar e se dar prazer é um ato de amor.

Padrões pré estabelecidos dentro do meio em que você viveu e foi educada: família, escola, religião, sociedade. Cultura machista, conceitos distorcidos sobre sexo e sexualidade. A forma de se relacionar amorosa e sexualmente tem como base principal a educação que você foi criada e no relacionamento com seus pais. Conhecer a sua história, seus padrões e bloqueios podem te libertar de muita culpa que você sente em relação ao teu prazer.

Existem três Inibidores que afetam a libido, comprometendo tanto o sexo quanto o orgasmo: Físico (problemas de saúde, uso de medicamentos e drogas); Emocional (sentimentos como culpa, vergonha, raiva, nojo, ansiedade, cansaço e estresse) e Ambiente (falta de privacidade, presença de terceiros como família e filhos).

Sexo mecânico. Explore o sexo além do pênis, vagina e penetração. Experimente novas formas de estímulos para alcançar o seu prazer: mamilos, virilha, orelhas, nuca, pescoço, boca, coxas, bumbum, ânus, Ponto G… descubra suas áreas erógenas. Use mais os 5 sentidos e os sex toys (tem uma diversidade no mercado hoje). Mude os horários, lugares, posições, realize uma fantasia sexual.

Para que esse e todos os outros dias sejam comemorados com muitos orgasmos, preste atenção a esses fatores. Nunca é tarde demais para começar a se conhecer, se tocar e ser feliz. “Dias orgásticos virão”

Curtiu nosso conteúdo? Compartilhe nas suas Redes Sociais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Seguir comentários
Ser notificado de
guest
1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Débora
Débora
7 meses atrás

Eu concordo!
👏👏👏👏❤❤❤❤
Muito incrível!!!!!!!!

Ebook + Planner Gratuitos!

Preencha seus dados e receba o ebook direto no seu email.